Telegram para negócios

Fernanda Pinho

Telegram para negócios

Oi gente, tudo bem?

Hoje vamos bater um papo sobre Telegram. Este aplicativo russo que ganhou notoriedade em momentos em que o WhatsApp saiu do ar. Mas precisamos fazer justiça: ele tem muito mais funcionalidades para ser apenas um mero substituto. 

O que tem feito do Telegram um local muito eficiente para o compartilhamento de informações são seus grupos e canais. O grupo tem funcionalidade semelhante ao WhatsApp, mas com algumas diferenças importantes. Eles podem ser privados (como é no WhatsApp) ou públicos (ou seja, encontrados por qualquer usuário pela busca e ter o conteúdo disponível para acesso). Além disso, os grupos podem ter até 200 mil usuários (sendo que, no WhatsApp, o limite é de 256). Os grupos podem ser alimentados apenas pelo administrador, ou também pelos usuários, de acordo com as configurações. 

Já os canais são públicos e podem enviar mensagens a um número ilimitado de pessoas. Neste caso, só quem envia conteúdos são os administradores do canal. E toda e qualquer mensagem enviada, sempre chega com o nome do próprio canal e não com o nome do usuário. Um exemplo prático: se você criar um grupo com o nome de “Dicas de Decoração”, qualquer pessoa que busque pelo tema “Dicas de Decoração” no Telegram terá acesso ao seu canal. E os inscritos no canal sempre receberão os conteúdos que você compartilhar do remetente “Dicas de Decoração” e não do seu usuário.  

E como as empresas tem se utilizado do Telegram: criando canais para compartilhar conteúdos sobre seu negócio. Além disso, é também uma ótima fonte de pesquisa de conteúdo de qualidade para profissionais de diversas áreas. Que tal baixar o Telegram e explorar o que há disponível sobre sua área de trabalho?  


  • Procure por Mão Dupla Comunicação no Telegram e acesse nosso canal. Ou clique AQUI

  •