Morar e Viver

Fernanda Pinho

Morar e Viver

Para o lugar que a gente mora compramos um vaso de planta para o hall de entrada que orna com a cor da parede. No lugar onde a gente vive plantamos uma palmeira que vai demorar dez anos para crescer. No lugar onde a gente mora descobrimos um restaurante superbacana na rua de trás. No lugar onde a gente vive,temos uma panela de pedra guardada no armarinho lá de fora que é perfeita pra fazer o frango com quiabo igual o da vovó. No lugar onde a gente mora chamamos o eletricista porque a água do chuveiro ficou gelada de repente. No lugar onde a gente vive temos uma gambiarra na instalação do chuveiro que é só dar um toquinho que a água sai pelando. Morar é adorar viajar.

Viver é amar voltar pra casa (de preferência, cheios de bugiganga para a decoração). Morar é visitar os amigos constantemente. Viver é querer ser o anfitrião. Morar é manter os livros antigos eternamente encaixotados. Viver é encher a casa de prateleira, com livro pra todo lado. A casa onde você mora é uma gentil conhecida.

A casa onde você vive é a amiga íntima. Morar numa casa é caminho. A gente mora com o cérebro. A gente vive com o coração. Viver numa casa é chegada. Morar é ter vizinhos. Viver é ter parentes mais próximos. Sobre a casa onde moramos, contamos casos. Morar é economizar para o futuro.

Viver é não conseguir dar uma volta na rua sem adquirir um novo apetrecho para a casa. Sobre a casa onde vivemos, contamos histórias. Você mora em uma casa. Você vive na casa. Morar é estar satisfeito (mas nem sempre). Viver é estar feliz (sempre).